Patrimônio Histórico

Os imigrantes germânicos começaram a chegar a Santa Catarina a partir de 1829. Um dos traços mais marcantes da sua presença são as edificações com estruturas aparentes de madeira e paredes de tijolos maciços, característicos da arquitetura enxaimel. Municípios de origem alemã de todo o estado conservam exemplares desse patrimônio arquitetônico, com destaque para São Pedro de Alcântara (primeira colônia germânica catarinense), Blumenau, Joinville, São Bento do Sul e, principalmente, Pomerode, que possui mais de 300 construções desse estilo incluídas no circuito turístico Rota do Enxaimel.

Grande Florianópolis

Anitápolis


Centro Histórico
Inclui o antigo prédio do Patronato Agrícola, o Arquivo Público, a Biblioteca Municipal, a Casa Paroquial e casas em estilo germânico.


Antônio Carlos


Ponte Coberta Alto do Rio Farias
Reformada em 1986, fica no bairro Alto Rio Farias.


São Bonifácio


Centro
Casas e prédios com arquitetura enxaimel típica da colonização germânica.


São Pedro de Alcântara


Comunidade de Santa Filomena
Reúne edificações históricas tombadas pelo Governo Estadual. SC-407, Santa Filomena.


Caminho dos Príncipes

Araquari


Estação Ferroviária/Locomotiva Macuquinha
Construída em estilo germânico (1926), a estação esteve em funcionamento até o final do século XX. Ao lado, encontra-se a Locomotiva Macuquinha. Diariamente, 8h às 20h.
Rua Bento Cândido de França, 25, Centro. Fone: (47) 3447-1863.


Campo Alegre


Prefeitura
O prédio de 1929 fica em frente a uma bela praça.
Rua Cel. Bueno Franco, 292, Centro. Fone: (47) 3632-2266.


Jaraguá do Sul


Casa do Colonizador/Museu do Imigrante
O museu, que retrata a rotina dos primeiros colonizadores, está instalado em casa de estilo enxaimel construída no início do século XX. Há também um posto de informações turísticas no local. De segunda a sexta, das 8h às 19h; sábados e feriados, das 9h às 15h.
Avenida Pref. Waldemar Grubba, 1.811, Vila Lalau.
Fone: (47) 3275-2146.

Praça do Expedicionário
Destaque para o Depósito Breithaupt, em estilo enxaimel, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Nas proximidades existem prédios em estilo Bauhaus, como os Correios e o Terminal Rodoviário Urbano. Um memorial na praça homenageia os participantes da II Guerra Mundial.

Sociedade Recreativa Rio da Luz (Salão Barg)
Edificação enxaimel de 1915, é palco da Festa Estadual do Colono (julho). Também realiza festas de rei e rainha e jantares dançantes.
Rua Eurico Duwe, 2.600, Rio da Luz I.
Fone: (47) 3376-2184.

Casa Rux
Edificação em estilo enxaimel datada de 1915 e tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
Rua Erwin Rux, 663. Rio da Luz II.


Joinville


Estação da Memória

Antiga Estação Ferroviária de Joinville (1906), é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Terça a sexta, 9h às 17h; Sábado, domingo, feriados, 12h às 18h.
Rua Leite Ribeiro, s/n, Anita Garibaldi. Fone: (47) 3422-5222.

Centro Cultural Deutsche Schule
Instalado em prédio histórico. Segunda a sexta, 8h às 12h e 13h30 às 117h30, com agendamento.
Rua Princesa Isabel, 438, Centro. Fone: (47) 3026-8037.
www.ielusc.br

Casa Krüger
Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), abriga uma unidade da Central de Atendimento ao Turista e a Associação do Turismo Eco-Rural de Joinville. Diariamente, 9h às 17h.
SC-301 (Estrada Dona Francisca), Km 0, Distrito Industrial de Pirabeiraba. Fone: (47) 3427-5623.

Casa Fleith e Casa Schwisky
Edificações tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) localizadas em áreas rurais do município (respectivamente na Estrada do Pico e na Estrada Quiriri).

Museu Nacional de Imigração e Colonização
Está instalado em edificação tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Preserva mais de 5 mil peças referentes à colonização do município, incluindo a Casa Enxaimel (1905), que reproduz externa e internamente uma típica construção alemã do início do século XX. Terça a sexta, 9h às 17h; sábado, domingo e feriados, 12h às 18h.
Rua Rio Branco, 229, Centro. Em frente à Rua das Palmeiras.
Fone: (47) 3433-3736.



Museu de Arte de Joinville

Recebe exposições temporárias e tem acervo permanente com pinturas, esculturas e gravuras de artistas locais e nacionais. A edificação é tombada pelo Patrimônio Histórico do Estado. Terça a sexta, 9h às 17h; sábado, domingo e feriados, 12h às 18h.
Rua XV de Novembro, 1.383, América.
Fone: (47) 3433-4677.
www.joinvillecultural.sc.gov.br
museudeartedejoinville.blogspot.com

Mercado Público Municipal
Segunda a sexta, 7h às 19h; sábado, 7h às 13h.
Av. Dr. Paulo Medeiros, 395, Praça Hercílio Luz, Centro. Fone: (47) 3453-2663

 


São Bento do Sul


Estrada Dona Francisca
Foi a 2a estrada carroçável do Brasil e a 1a rota ligando o litoral ao Planalto Norte catarinense. No trecho que passa por São Bento do Sul chamam a atenção as propriedades tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), como a Casa Neumann, a Waldemiro Struck, a Edeltraud Eichendorf e a Schlagenhaufer.


Vale Europeu

Blumenau



Castelinho da XV

Construído em 1.978, é uma réplica da prefeitura de Michelstadt, cidade localizada ao sul da Alemanha.

Rua XV de Novembro, 1.050, Centro.




Prefeitura Municipal

Inaugurada em 1982, a construção possui estilo enxaimel. No jardim encontra-se estacionada a primeira locomotiva de Blumenau, vinda da Alemanha e conhecida como Macuca.

Praça Victor Konder, 2, Centro. Fone: (47) 3381-6000.

www.blumenau.sc.gov.br




Fundação Cultural

Em 1875 foi sede da Colônia de Blumenau. A partir de 1.939, com a remodelação e ampliação do prédio, passou a abrigar a Prefeitura Municipal, o Fórum e as repartições Judiciais e Policiais. Foi parcialmente destruído pelo incêndio em 1.958, junto com os arquivos históricos do município. Hoje, é sede da Fundação Cultural de Blumenau e do Museu de Arte de Blumenau.

Rua XV de Novembro, 161, Centro. Fone: (47) 3381-6192.

www.fcblu.com.br www.museudeartedeblumenau.blogspot.com




Casa do Comércio

O prédio, concluído em 1923, abrigou originalmente a Maternidade Johannastift e, anos depois, o restaurante típico Castelinho Branco. Restaurado e reinaugurado em 2007, é hoje sede da Casa do Comércio da Câmara de Dirigentes Lojistas de Blumenau (CDL).

Alameda Rio Branco, 165, Centro. Fone: (47) 3221-5735.

www.cdlblumenau.com.br




Igreja Luterana do Espírito Santo

Inaugurada em 1868, possui características da arquitetura gótica. O templo é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Rua Amazonas, 119, Ribeirão Fresco. Fone: (47) 3322-0587.




Casa da Memória Nº 1

Uma das 3 primeiras escolas da Colônia de Blumenau, datada de 1870, atualmente oferece exposições histórico-documentais, visitas orientadas e atividades comunitárias socioculturais. Segunda a sexta, 10h às 16h.

Rua Dr. Pedro Zimmermann, 8.107, Itoupava Central. Fone: (47) 3378-3956.

www.arquivodeblumenau.com.br




Moinho do Vale

Um dos mais tradicionais cartões-postais da cidade, é hoje um refinado complexo turístico com casa de eventos, restaurante, choperia, deckbar e loja de suvenires.

Rua Porto Rico, 66, Ponta Aguda. Fone: (47) 3222-3440.

www.moinhodovale.com.br




Vila Itoupava

Comunidade localizada a 25 km do Centro de Blumenau, o mais genuíno recanto germânico da cidade.




Ponte Aldo Pereira de Andrade

Conhecida como Ponte de Ferro, sua construção foi iniciada em 1929 para transporte de alimentos e produtos industrializados. Restaurada em 1991, é um marco no desenvolvimento econômico de Blumenau.




 



Brusque


Prefeitura Municipal
Possui fachada em estilo enxaimel. Segunda a sexta, 8h às 12h e 13h30 às 17h30.
Praça das Bandeiras, 77, Centro. Fone: (47) 3251-1833.
www.brusque.sc.gov.br


Indaial


Casa Duwe
Construída entre 1935 e 1940, a edificação enxaimel foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Rua Augusto Maas, 5.700, Arapongas.

Warnow
Localidade a menos de 10 km do Centro, preserva as primeiras casas enxaimel do povoado assentado em 1860. É onde fica a sede da mais antiga sociedade de atiradores de Santa Catarina. Encontram-se também nessa comunidade dois monumentos tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN): a ponte pênsil e a ponte de madeira coberta, sobre o Ribeirão Warnow.

 


Pomerode


Portal Turístico Sul
Construção enxaimel onde funciona o Centro de Informações Turísticas e outras instituições. No local, podem ser alugadas bicicletas para passeios pelo Centro Histórico. Diariamente, 8h às 18h.
Rua XV de Novembro, 818, Centro. Fone: (47) 3387-2627.

Portal do Imigrante Wolfgang Weege (Portal Norte)
É uma réplica do Portal de Stettin, capital da Pomerânia entre 1720 e 1945, na antiga Prússia. Foi dessa cidade que Carl Weege e vários imigrantes partiram, em 1868, para colonizar Pomerode.
Rua Pres. Costa e Silva , Testo Rega, próximo à Malwee Malhas.

Casa do Imigrante Carl Weege
Casa de estilo colonial alemão com museu que preserva móveis antigos, roda-d’água, um rancho com moenda de cana-de-açúcar e outro com a atafona (moinho de fubá).  Terça a domingo e feriados, 9h às 12h e 13h às 17h.
Rua Leopoldo Blaese, 11, Pomerode Fundos.Fone: (47) 3387-2613.

Rota do Enxaimel
Pode ser feita de carro ou de bicicleta, observando as dezenas de construções de estilo enxaimel que existem na localidade de Texto Alto (tombada pela Unesco como Paisagem Cultural). O roteiro ainda prevê paradas em ateliês de artistas e artesãos, na Pousada da Estufa (antiga estufa de tabaco), na Casa de Taipa e na Casa Voigt/Wachholz, que começou a ser construída em 1867 – o enxaimel mais antigo da cidade. Acesso pela Rua Testo Alto, próximo ao Portal Norte.

Mais Informações



Rota Turismo
Fone: (47) 8828-8806 / 9625-2630
www.rotaturismo.tur.br

 


Timbó


Museu da Música
Ocupa o Salão Hammermeister, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Abriga mais de mil peças, entre instrumentos musicais e acessórios, literatura musical, partituras, desenhos técnicos, métodos e material didático de diversos lugares do mundo, além de coleção de fotografias, programações e gravações de atividades musicais de Timbó e região. Todo terceiro domingo do mês ocorre o Café Musical, com recitais. Terça a domingo e feriados (exceto dias santos), 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30.
Rua Edmundo Bell, s/n, esquina com a SC-477, Dona Clara. Fone: (47) 3399-0418.
www.museudamusica-timbo.blogspot.com

Escola e Casa do Professor
Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
Rua Pomeranos, 140 e 182, Pomeranos.

Casa Zimath
Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
Rua Pomeranos, 3.182, Pomeranos.

Casa Radoll
Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
Estrada Cedro Margem Esquerda, s/n, Rio Cedro.

Casa Reinecke
Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
Rua Blumenau, 4.664, Via Hass.

Complexo Turístico Jardim do Imigrante
Localizada na região onde a história do município começou, abriga o Museu do Imigrante, as construções históricas Casa de Taipa e Casa Enxaimel e a antiga fecularia (atualmente, casa noturna, bar, restaurante e cervejaria).
Av. Getúlio Vargas, Centro.


Guabiruba



Câmara Municipal de Guabiruba

Possui fachada em estilo enxaimel. Atendimento de segunda a sexta, 8h às 12h e 13h30 às 17h30. Rua Dez de Junho, 253, Centro. Tel.: (47) 3354-0655. Site: http://www.camaraguabiruba.sc.gov.br/



Doutor Pedrinho



Terra Indígena Xokleng – Trilha da Sapopema                                                                                                                                                                                   Uma experiência na terra do povo Xokleng na Serra do Vale do Itajaí/SC. Atividades: Trilha, caminhada, cultura Xokleng, artesanato e comidas típicas. Povo Xokleng – O povo Xokleng é habitante originário do sul do Brasil. Sua língua e cultura não existem em outro lugar. Hoje vivem cerca de três mil pessoas nas terra indígena que abrange os três municípios de Doutor Pedrinho, José Boiteux e Vitor Meireles. Trilha da Sapopema -  Uma trilha de 1800m no meio da Mata Atlântica nas nascentes do Rio Benedito. Conheça esta enorme Biodiversidade e uma das últimas Reservas do Xaxim Bugio. Cabana Xokleng -  No final da trilha uma confraternização na cabana Xokleng com canto, histórias e o delicioso Capung, uma tradicional comida indígena assada em taquara na fogueira. Artesanato – Conheça o artesanato feito pelos homens e mulheres da aldeia Bugio: arco e flecha, brincos, colares, prendedores de cabelo, cestos, chocalhos, cocares. Mais informações: ATIVA AVENTURAS – Contatos: (047) 3388-0066 – www.ativarafting.com.br – atendimento@ativarafting.com.br



Vale do Contestado

Canoinhas


Distrito de Marcílio Dias
Colonizado por alemães, mantém arquitetura tipicamente germânica. Há ainda um casario de madeira com influência norte-americana, resultado da presença da Southern Brazil Lumber & Colonization Company. No local, o visitante pode desfrutar da gastronomia típica da região, grande produtora de manteiga. A 6 km da sede do município.

 


Concórdia


Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário
Construída no início da década de 1970, possui linhas da arquitetura germânica. Destaca-se o vitral da ressurreição de Cristo.
Rua Marechal Deodoro, 473, Centro. Fone: (49) 3442-0358.
www.paroquianossasradorosario.com.br


Itá


Casa da Memória Alberton
Moradia de arquitetura germânica reconstruída na nova cidade, conserva muitas das partes originais. Diariamente, 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30.
Praça Luís Sartoretto, 17, Centro. Fone: (49) 3458-1047.


Mafra


Casa da Cultura
Edificação em estilo germânico, datada de 1915.
Rua Felipe Schmidt, 494, Centro. Fone: (47) 3642-0488.


Piratuba


Centro de Informações Turísticas
Construído em estilo germânico, tem uma maquete da Usina Hidrelétrica Machadinho e painéis com imagens turísticas da região.
Rua Florianópolis, 246, Balneário. Fone: (49) 3553-0553.


Caminhos do Alto Vale

Rio do Sul


Bela Aliança
Comunidade de origem alemã, onde se iniciou a história do município. Os visitantes podem visitar o apiário, pesque-pague e queijaria, além de degustar cachaça artesanal. Serve café colonial e almoço típico alemão. Nas redondezas, destaca-se a Cachoeira Alto Matador (ou Cachoeira da Magia), de 36 m.


José Boiteux



Terra Indígena Xokleng – Trilha da Sapopema                                                                                                                                                                                   Uma experiência na terra do povo Xokleng na Serra do Vale do Itajaí/SC. Atividades: Trilha, caminhada, cultura Xokleng, artesanato e comidas típicas. Povo Xokleng – O povo Xokleng é habitante originário do sul do Brasil. Sua língua e cultura não existem em outro lugar. Hoje vivem cerca de três mil pessoas nas terra indígena que abrange os três municípios de Doutor Pedrinho, José Boiteux e Vitor Meireles. Trilha da Sapopema -  Uma trilha de 1800m no meio da Mata Atlântica nas nascentes do Rio Benedito. Conheça esta enorme Biodiversidade e uma das últimas Reservas do Xaxim Bugio. Cabana Xokleng -  No final da trilha uma confraternização na cabana Xokleng com canto, histórias e o delicioso Capung, uma tradicional comida indígena assada em taquara na fogueira. Artesanato – Conheça o artesanato feito pelos homens e mulheres da aldeia Bugio: arco e flecha, brincos, colares, prendedores de cabelo, cestos, chocalhos, cocares. Mais informações: ATIVA AVENTURAS – Contatos: (047) 3388-0066 – www.ativarafting.com.br – atendimento@ativarafting.com.br