Sítios Arqueológicos

Santa Catarina possui um importante acervo de inscrições rupestres pré-históricas distribuídas em cerca de 20 localidades, quase todas ao longo da costa. Urubici, na Serra Catarinense, também possui registros arqueológicos datados de mais de 4 mil anos. No litoral, destaque para os sítios arqueológicos da Praia do Santinho e da Ilha do Campeche (Grande Florianópolis), da Ilha de Porto Belo (Costa Verde e Mar), bem como os sambaquis pré-históricos encontrados em Jaguaruna (Encantos do Sul).

Encantos do Sul

Balneário Rincão


Museu Arqueológico Igrejinha Nossa Senhora dos Navegantes
Preserva objetos cerimoniais e utensílios cotidianos de grupos indígenas que habitaram o território de Içara no passado. Segunda a sexta, 8h às 12h e 13h às 18h.
Av. Florianópolis, s/n, Balneário Rincão. Fone: (48) 3432-5847 – Casa da Cultura.


Jaguaruna


Sambaqui da Lagoa Garopaba do Sul
Entre os 30 sambaquis da costa de Jaguaruna, é o melhor para se visitar. O enorme concheiro pré-histórico chega a atingir 30 m de altura e ocupa uma área de 10 hectares. Supõe-se que o monumento arqueológico levou aproximadamente 10 séculos para ser construído com a deposição de materiais de diversos grupos indígenas. Apelidado de Garopabão, é todo cercado e sinalizado, com trilhas para visitação. Arqueólogos do Grupo de Pesquisa em Educação Patrimonial e Arqueologia (Grupep) da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) levam grupos de estudantes ao local. É possível agendar visitas acompanhadas. O sambaqui está situado entre os balneários Dunas do Sul e Nova Camboriú, junto à Lagoa Garopaba do Sul. Grupep.
Av. José Acácio Moreira, 787, Dehon. Fone: (48) 3621-3195.
www.grupep.arq.br


Grande Florianópolis

Florianópolis


Museu Arqueológico ao Ar Livre
Inscrições rupestres grafadas entre 4 mil e mil anos atrás. Diariamente, 6h às 20h.
Estrada Vereador Onildo Lemos, 2.505, Santinho. Tel: (48) 3261-1868
www.costao.com.br

Ilha do Campeche
Santuário ecológico e sítio arqueológico, foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) por seu conjunto de inscrições rupestres de 5 mil anos. Os barcos partem das praias da Armação.

Praia da Joaquina, Praia Mole e Praia dos Ingleses
Também possuem inscrições rupestres nos costões.


Vale do Contestado

Irani


Sítio Histórico e Arqueológico do Contestado
Museu, cemitério e local de sepultamento do monge José Maria (líder dos sertanejos). Não deixe de conferir também as atrações naturais do local, como a Cachoeira do Contestado e o Cerro Agudo. Visitas guiadas. Terça a sexta, 8h às 12h e 13h30 às 16h30; sábado, 8h às 12h; domingo, 13h às 17h.
BR-153, Km 64, a 4 km do Centro. Fone: (49) 3432-3200.


Costa Verde e Mar

Itajaí


Museu Etno-Arqueológico de Itajaí
Localizado na antiga estação ferroviária, no bairro Itaipava, região rural, é um ambiente que representa a memória dos imigrantes e ancestrais da região. Nas imediações da sede do Museu foram localizados sítios arqueológicos, que são locais com vestígios de populações e culturas antigas. Esses sítios são patrimônios culturais que nos ajudam a entender melhor como viveram populações em épocas bem remotas. Além do prédio, possui uma área de 6mil m², servindo de espaço para educação patrimonial e atividades culturais.
Horário de Atendimento: De terça à sexta-feira das 09h às 17h. Sábados e Domingos das 14h às 18h.
Avenida Itaipava, 3.901 – Bairro Itaipava.
Fone:(47) 3346-5715


Caminho dos Príncipes

Itapoá


Sambaquis
Vestígios fósseis de origem pré-histórica dos índios carijós que habitavam a região, com destaque para os concheiros do Rio Saí-Mirim, do Rio Braço do Norte, de Jaguaruna e de Saí-Guaçu.


Joinville


Parque Ambiental da Caieira
É onde está localizado o Sambaqui da Caieira, importante vestígio de comunidades pré-históricas da região. Há também áreas de restinga e mangues às margens da Lagoa do Saguaçu. As visitas devem ser agendadas. Terça a domingo, 8h às 18h.
Rua Waldomiro Rosa, s/n, Adhemar Garcia. Fone: (47) 3454-9018.


Caminho dos Cânyons

Jacinto Machado


Paleotocas (1)
Situada na localidade de Engenho Velho a 16km do centro da cidade, as furnas são formações geológicas que, segundo os moradores mais antigos serviram como abrigo para os indígenas de tribos como Xoklengs que habitaram a região e como refúgio para escravos rebeldes. Muitas lendas cercam o lugar. Uma delas é que ali padres jesuítas esconderam tesouros e pertences valiosos. Pesquisas arqueológicas no local defendem a hipótese de que as furnas não teriam sido escavadas apenas pelos indígenas. Segundo relatos, a furna apresena características de uma paleotoca possivelmente habitadas por animais como preguiças gigantes. 


Serra Catarinense

Urubici


Morro do Avencal
Os povos indígenas que habitaram a região há pelo menos 4.000 anos deixaram gravados interessantes registros arqueológicos nas pedras deste sítio aberto à visitação. O local fica próximo do Centro de Urubici, no Morro do Avencal. SC-430, Km 28.

Caverna Rio dos Bugres
Antigo abrigo de índios, localizada a 11 km do centro de Urubici. Não esqueça de levar lanterna. SC-439, Rio dos Bugres, a 11 km do Centro.