Aurora

O primeiro nome dado ao atual município de Aurora foi Lauterbach, mas há duas versões para a mesma história, de acordo com os pesquisadores e historiadores da região.Uma versão nos dá conta de que, na língua alemã, lauter significa alto e bach significa ribeirão. Sendo assim, Lauterbach significa rio barulhento porque nas margens do rio Itajaí do Sul, próximo a atual prefeitura de Aurora, existiam muitas pedras e uma pequena queda d'água ruidosa.Outra versão pode ser encontrada no o livro de Crônica da Paróquia Evangélica de Rio do Sul, dando conta de que Lauterbach era o nome do primeiro agrimensor que veio medir as terras de Aurora.A propósito, a demarcação e a venda das terras ficaram sob a responsabilidade da Empresa de Terras Jensen S/A, propriedade de Paulo Zimermann, Carlos Jensen e Frederico Jensen, que compraram terras de Carlos Napoleão Poeta, e a Sociedade Colonizadora Catarinense. Com a venda dos lotes, transferiram-se para Lauterbach outras famílias: Krüger, de Pomerode; Günther, Schoeninger e Strey, de Blumenau; todas de descendência alemã.Aos poucos, os trabalhadores das estradas, que abriam as picadas, fixaram-se pelas redondezas, próximo às casas que já existiam, criando novos núcleos de ocupação. Em 1913, Henrich Reif acelerou a exploração da região de Lauterbach, abrindo a primeira casa de comércio (ferramentas, roupas, utensílios domésticos), chamada na época de venda de secos e molhados. Após a instalação das primeiras famílias nas margens do rio Itajaí do Sul acima, outros núcleos foram surgindo, próximos às margens do ribeirão Aurora, denominado Alto Lauterbach, e Ribeirão Areia, chamado na época de Sambach.

Localização Geográfica

veja o mapa ampliado
Agenda
Pesquisar