Jaguaruna

Jaguaruna é um paraíso para quem procura praias sossegadas cercadas por dunas e vegetação de restinga. A faixa costeira do município tem 37,5 km, por onde se distribuem 10 balneários. O Camacho é o mais movimentado, com bares e restaurantes, hotéis, pousadas e serviços. A principal atração do município, no entanto, são os 30 sambaquis e 55 sítios arqueológicos cadastrados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Era nesses ‘amontoados de conchas’ que os índios que habitavam a costa entre 8 e 2 mil anos atrás processavam os alimentos e sepultavam seus mortos. O sambaqui Lagoa Garopaba Sul é considerado um dos maiores do mundo, com 30 m de altura e cerca de 10 hectares de extensão. Outro destaque de Jaguaruna são os Parcéis do Campo Bom (Laje da Jaguá), formação rochosa a 5 km da costa, onde os surfistas profissionais praticantes da modalidade tow-in (surfe rebocado ou motorizado) se arriscam em ondas de até 9 m. O sandboard é outro esporte bastante praticado nos balneários Arroio Corrente e Camacho. As festas do Divino e da Tainha e a Feira da Indústria, Comércio e Agropecuária também são bons motivos para se visitar Jaguaruna.

Ecoturismo e Esportes de Aventura

Surfe


Laje da Jágua
Pico de surfe em alto mar, a 5 km da costa. As formações rochosas que afloram no local (Parcéis do Campo Bom), combinadas às condições de vento e maré, produzem ondas de até 9 m de altura. Os surfistas profissionais praticam o tow-in (surfe rebocado ou motorizado) no local.
lajedajagua.blogspot.com


Sandboard


Balneários Arroio Corrente e Camacho
O município de Jaguaruna tem mais de 15 km de dunas. As maiores estão no Balneário Arroio Corrente, com 60 m de altura. As do Camacho atingem 15 m.


Cavalgadas


Mais Informações



Fazenda Arlete
Organiza cavalgadas.
Estrada Geral Laranjal s/n.
Fone: (48) 3628-0602 / 9976-0386
www.fazendaarlete.com.br


Eventos

Celebrações Religiosas


Festa do Divino
A celebração religiosa é uma das tradições açorianas preservadas pelos jaguarunenses. Em junho, na praça da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, Centro.


Festas Típicas


Festa da Tainha
Comemoração da safra da tainha que reúne pescadores e visitantes. Em julho, no Balneário Arroio Corrente.


Feiras Agropecuárias, Industriais e Eventos de Negócios


Feiras da Indústria, do Comércio e da Agropecuária
Os eventos são animados por grandes rodeios.
Em abril, no CTG (Centro de Tradições Gaúchas) Estância do Retiro. Riachinho.
www.jaguaruna.com/cultura/ctg.htm

 


História e Cultura

Patrimônio Histórico Açoriano


Centro Histórico
As edificações do núcleo urbano de Jaguaruna tiveram início em 1875, com a primeira igreja do município. O principal destaque é a Estação Ferroviária, de 1919, que rememora o desenvolvimento da cidade com a chegada da Ferrovia Tereza Cristina.


Bairros Históricos e Localidades Típicas


Centro Histórico
As edificações do núcleo urbano de Jaguaruna tiveram início em 1875, com a primeira igreja do município. O principal destaque é a Estação Ferroviária, de 1919, que rememora o desenvolvimento da cidade com a chegada da Ferrovia Tereza Cristina.


Sítios Arqueológicos


Sambaqui da Lagoa Garopaba do Sul
Entre os 30 sambaquis da costa de Jaguaruna, é o melhor para se visitar. O enorme concheiro pré-histórico chega a atingir 30 m de altura e ocupa uma área de 10 hectares. Supõe-se que o monumento arqueológico levou aproximadamente 10 séculos para ser construído com a deposição de materiais de diversos grupos indígenas. Apelidado de Garopabão, é todo cercado e sinalizado, com trilhas para visitação. Arqueólogos do Grupo de Pesquisa em Educação Patrimonial e Arqueologia (Grupep) da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) levam grupos de estudantes ao local. É possível agendar visitas acompanhadas. O sambaqui está situado entre os balneários Dunas do Sul e Nova Camboriú, junto à Lagoa Garopaba do Sul. Grupep.
Av. José Acácio Moreira, 787, Dehon. Fone: (48) 3621-3195.
www.grupep.arq.br


Museus, Casas de Cultura, Memoriais e Monumentos


Museu Cidade de Jaguaruna
Preserva objetos e documentos dos sambaquis encontrados na região, além de coleções fotográficas sobre naufrágios na costa da cidade e sobre folclore e festividades religiosas. Há também no local uma exposição permanente sobre a cultura da região, com obras do tubaronense Willy Zumblick (1913-2008). O museu está instalado na antiga casa dos trabalhadores da ferrovia. Segunda a sexta, 7h às 11h30 e 13h às 17h.
Rua Annes Gualberto, s/n, Centro.
Fone: (48) 3624-1238


Turismo Religioso

Festa do Divino
A celebração religiosa é uma das tradições açorianas preservadas pelos jaguarunenses. Em junho, na praça da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, Centro.

Praia e Natureza

Praias


Balneários
O do Camacho destaca-se pela infraestrutura. Já Arroio Corrente é o mais central. O visitante ainda tem outros 8 belos balneários de águas límpidas para descobrir nos 37,5 km de litoral jaguarunense: Campo Bom, Cascata Vermelha, Dunas do Sul, Esplanada, Figueirinha, Nova Camboriú, Torneiro e Vila Paraíso.


Balneário Arroio Corrente e Chuveirão
A Lagoa Arroio Corrente e as enormes dunas de areia são as principais atrações naturais desse balneário. Pesca, esportes aquáticos e sandboard são favorecidos na região. Outra atração imperdível é o Chuveirão, que é abastecido pelas águas da lagoa e proporciona banhos semelhantes aos de uma cachoeira.


Cachoeiras, lagoas e outros recantos naturais


Dunas
A cidade tem 15 km de dunas. É o paraíso dos praticantes de sandboard. Das dunas mais altas, avistam-se o Farol de Santa Marta (Laguna) e os Parcéis do Campo Bom (Laje da Jágua), formações rochosas em alto-mar.


Lazer e Entretenimento

Vida Noturna


Curta a noite nos bares de música ao vivo do movimentado Balneário Camacho.


Localização Geográfica

veja o mapa ampliado
Agenda
Pesquisar