Nova Itaberaba

Migrantes gaúchos descendentes de italianos foram os primeiros colonizadores de Nova Itaberaba. Antes dos quais uma população aborígene habitava a região. Atraídos pela possibilidade de enriquecer com a extração da madeira, os colonos gaúchos chegaram no início da década de 1940 e descobriram mais do que madeira-de-lei: acharam os filões de ametista nos morros e vales da região, facilmente encontrados até hoje. Vem daí o nome Itaberaba, que em tupi-guarani significa pedra que brilha.  Como já existia uma cidade com o mesmo nome na Bahia, a localidade passou a se chamar Nova Itaberaba. A economia local, baseada na agropecuária.
A exemplo de outras cidades da região, onde a extração de madeira surgiu como principal filão econômico e depois decaiu, a maior fatia da arrecadação municipal vem da agricultura, com destaque para o cultivo de milho, feijão e fumo. A produção de laranja está em pleno desenvolvimento e de gado de corte. Nas festividades do Aniversário Político Administrativo, há festas e gincanas (já houve por exemplo, a caça ao porco, num cercado cheio de lama em que os competidores tentam agarrar um leitão de 40kg lambuzado com gordura), e competições esportivas como futebol-suíço e campeonatos de bocha.

Localização Geográfica

veja o mapa ampliado
Agenda
Pesquisar