Orleans

Assim como Urussanga, Orleans integra os Roteiros Nacionais de Imigração do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Locais como a Casa Barzan, a Igreja Matriz Santa Otília e o Museu ao Ar Livre colocam o turista em contato com a cultura e os costumes dos imigrantes italianos que chegaram à região há mais de 100 anos. Outro destaque do município é o Paredão do Zé Diabo, conjunto de esculturas entalhadas no paredão da estrada de ferro que margeia o Rio Tubarão.

História e Cultura

Patrimônio Histórico Italiano


Patrimônio histórico
Os Roteiros Nacionais de Imigração (catalogados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN) passam por Orleans. A Casa Barzan (edificação de 1929, em Palmeira Alta) é considerada um monumento nacional da imigração italiana. Destaca-se também a Igreja Matriz Santa Otília, construída em 1922 no mesmo local onde os colonizadores ergueram a primeira capela do município (1886).


Museus, Casas de Cultura, Memoriais e Monumentos


Museu ao Ar Livre
O visitante tem a oportunidade de ver rodas d’água movidas à tração animal em perfeito funcionamento, moendo cana, mandioca e produzindo típicos produtos coloniais, do mesmo modo como era feito no final do século XIX. Alambique, olaria, serraria e cantina de vinho são outras atrações do local. Há também uma exposição de objetos usados pelos colonizadores. Terça a sexta, 9h às 12h e 13h30 às 17h30; sábado, domingo e feriados, 9h às 17h30.
Rua Pe. João Leonir Dall' Alba, s/n, Murialdo.
Fone: (48) 3466-0011 / 3466-5626
www.unibave.net


Curiosidades


Paredão do Zé Diabo
O artista sacro José Fernandes (conhecido localmente como Zé Diabo) entalhou cenas representativas de diversas passagens bíblicas em um paredão de pedra bruta, localizado às margens do Rio Tubarão, na passagem da estrada de ferro. Em Coloninha, a 500 m do núcleo urbano de Orleans.

 


Localização Geográfica

veja o mapa ampliado
Agenda
Pesquisar