Witmarsum

O fim da Primeira Guerra Mundial contribuiu para a colonização do município de Witmarsum. A companhia colonizadora trouxe soldados alemães que buscavam um novo lar, distante da Alemanha em crise. Em 1924, um grupo deles estabeleceu-se no interior do distrito de Hamônia (atual Ibirama), batizando o lugar de "Nova África" porque os soldados haviam combatido no Continente Africano. Esses desbravadores alemães eram: Paul Zerna, August Langhorst e Helmuth Teosowki. 
Imigrantes russos, em sua maioria "Menonitas", oriundos da Ucrânia chegaram seis anos depois e deram ao local o nome de "Witmarsum", que significa "estrela azul". Há, porém, uma versão baseada em pesquisas de uma universidade da Holanda que explica a denominação: Witmar seria o nome de um príncipe e sum significa jardim. O nome do fundador dos Menonitas é Menno Simons, daí o nome Menonita. Menno Simons nasceu na cidade de Witmarsum, na Holanda. Mais tarde chegaram os italianos.
Quando Presidente Getúlio se desmembrou de Ibirama, Witmarsum passou a pertencer ao novo município. Através da Resolução municipal nº 7 de 24-04-1957, criou-se o distrito de Witmarsum. Homologada pela Assembléia Legislativa do estado de Santa Catatrina Lei nº 305 de 16-09-1957. Witmarsum foi promulgado município em 17-05-1962 através da Lei nº 826. Sua instalação ocorreu em 15-06-1962.

Fonte: Prefeitura Municipal de Witmarsum

Localização Geográfica

veja o mapa ampliado
Agenda
Pesquisar