Beleza e muitas emoções marcaram a abertura do 35º Festival de Dança de Joinville, no Centreventos Cau Hansen, na noite desta quarta-feira, 19. Até o dia 29 de julho o público poderá apreciar 3.326 mil coreografias selecionadas nos sete gêneros da dança - balé clássico de repertório, balé neoclássico, dança contemporânea, danças populares, danças urbanas, jazz e sapateado.

festival danca joinville3Foto: Divulgação Instituto Festival de Dança

Na cerimônia de abertura o governador Raimundo Colombo foi agraciado com a comenda Ordem do Mérito Cultural Bolshoi Brasil, homenagem instituída em 2015, concedida para pessoas que contribuem e acreditam no valor da arte. Em seguida, os bailarinos da Companhia de Dança Deborah Colker apresentaram o espetáculo “Cão sem Plumas”, surpreendendo a plateia. O espetáculo foi inspirado no poema “O cão sem plumas”, do pernambucano João Cabral de Melo Neto. Em cena, Deborah Colker retrata, com bailarinos cobertos de lama, a miséria e a destruição da natureza.

O secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte (SOL), Leonel Pavan, o presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Rodolfo Pinto da Luz, e o prefeito de Joinville, Udo Dohler, também participaram da cerimônia. “Se Santa Catarina é escolhida como melhor destino turístico do Brasil, é também por conta de eventos como este. A dança é uma arte que passou a ser referenciada em nosso estado devido ao Festival de Dança de Joinville”, destacou o secretário Pavan.

O Governo do Estado apoia a edição com R$ 900 mil por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL). De acordo com a organização, 230 mil pessoas devem visitar o festival. Neste período, mil novos empregos são gerados direta e indiretamente e outros setores da economia registram maior movimentação.

Jornalistas acompanham programação

Press_trip.jpegEquipe da press-trip acompanhada de profissionais da Secult Joinville. Foto: Ana Paula Flores (Ascom/Santur)

A Santur apoiou a realização de uma press-trip com quatro jornalistas e blogueiros brasileiros, organizada pela Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville. Os profissionais permanecem na cidade de 19 a 23 de julho e farão uma extensa programação, que envolve cobertura de apresentações do Festival, visita a pontos turísticos e propriedades que integram o roteiro de turismo rural, além de conhecer a vizinha São Francisco do Sul. Participam da press-trip jornalistas dos seguintes veículos: Correio Braziliense, Revista Mercado & Eventos, Blog Mochilando e Blog Esse Mundo é Nosso. Dois profissionais do Ministério do Turismo (MTur) também integram o grupo, com o objetivo de produzir vídeos sobre Joinville e o Festival de Dança. O material faz parte de uma websérie que vem sendo produzida pelo MTur e que apresenta grandes eventos realizados em todo o país. 

Confira aqui a programação completa do Festival.

 

Ascom/SOL e Santur, com informações da Secom.