O Sebrae/SC promove com o apoio da Santur, de 23 de fevereiro a 12 de maio, a “Entre Contrastes”, uma exposição que explora a qualidade do artesanato catarinense. As peças são produzidas única e exclusivamente a partir de resíduos da indústria têxtil e do papel celulose.

Artesãs_de_SC_estande_Santur.jpgFoto: Robson & Freire Fotojornalismo

O evento ocorre no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB), no Rio de Janeiro. Ao todo, participam 87 artesãos, de nove municípios, que irão expor o total de 612 peças, distribuídas em sete núcleos diferentes de produção. De acordo com Simone Peluso do Sebrae/SC, Santa Catarina é reconhecida pela sua forte tradição na indústria têxtil, característica que está sendo potencializada pela produção artesanal de alto valor agregado, feita a partir de resíduos têxteis. “Os artesãos catarinenses vêm despertando atenção e conquistando destaque nacional e internacional com uma produção criativa e inovadora. Por isso, é importante uma exposição com artesanato catarinense conceitual e tradicional, que enaltece a vocação industrial do estado e dos setores Têxtil e de Celulose. Uma história que vai do artesanal que precede a indústria, de volta ao artesanal que é produzido a partir do seu resíduo", conta.

Entre_contrastes_exposição_Rio_de_Janeiro_Sebrae.jpegFoto: Divulgação/Sebrae 

A exposição tem como objetivo histórico e cultural divulgar o potencial de Santa Catarina, além de promover novas formas de artesanato com uma amostra da rica e variada produção catarinense a partir de uma criteriosa seleção de produtos. O evento reforça ainda a sustentabilidade e provoca uma reflexão sobre como as pessoas vêm se comportando na sociedade do consumo, visando a conscientização e a mudança de hábitos.

Do ponto de vista educativo, econômico e social, valoriza e incentiva o trabalho do artesão. “Por ser um evento gratuito, o Sebrae/SC acredita que a exposição aproxima o artesão do público, além de proporcionar experiências, oportunidades de novos conhecimentos e ideias para futuros negócios. O artesanato tem se consolidado como importante fonte de renda para milhares de pessoas no país. Ao ser tratado com profissionalismo, pode inspirar novos artesãos a contribuir para a valorização do setor”, finaliza Sérgio Cardoso, diretor administrativo e financeiro do Sebrae/SC.

A exposição ocorre em cinco ambientes distintos que mostram o processo e setor de cada trabalho: o ofício – o tear artesanal (sala 1); a indústria – têxtil (sala 2); do resíduo a transformação – têxtil (sala 3); o cotidiano (sala 4); lúdico e novas possibilidades – papel e celulose (sala 5). No local ainda haverá salas de interatividade com exposição de produtos e painéis informativos. Equipamentos físicos para interação do público, instalações para percepções sensoriais e equipamentos audio-visuais e digitais.

O evento é gratuito e a visitação estará aberta ao público, de terça a sábado, das 10h às 17h. O CRAB fica na Praça Tiradentes, nº 67 ao 71, centro do Rio de Janeiro. A exposição é realizada pelo Sebrae/SC e conta com o apoio Governo do Estado de Santa Catarina e Santur.

 

Informações: Ascom Sebrae SC