O verão de Santa Catarina este ano comprovou a força do turismo como vetor de desenvolvimento econômico e social, com entrada de divisas e geração de empregos. Durante os três meses da temporada, cerca de 2,5 milhões de turistas visitaram o estado e geraram um impacto de R$ 10,1 bilhões na economia. Os dados são de pesquisa encomendada pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) e realizada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas). Ponte_Hercílio_Luz_Fpolis_Embratur.jpg 

 

Segundo o presidente da Embratur, Vinicius Lummertz esses números mostram a importância do turismo para a economia de Santa Catarina e de todo o país e defende mais investimentos em promoção internacional para produção de mais resultados positivos.

“Dados dessa natureza mostram a pujança deste setor para a economia e o alto retorno em curto prazo que a atividade oferece. Santa Catarina e o Brasil como um todo têm grande potencial para o turismo, que deve ser tratado como prioridade e fazer parte da agenda econômica e política do país”, defende Lummertz.

O estudo foi realizado com base nos dados da Fecomércio (SC) em relação ao número de turistas brasileiros e estrangeiros e a relação entre o gasto diário e o tempo de permanência médio nos destinos do estado. Foram usadas também informações da Infraero, Polícia Federal e Ministério do Turismo.

A FGV utilizou como metodologia a matriz do IBGE que mostra o efeito multiplicador do impacto dos gastos dos visitantes nos 52 segmentos que são envolvidos pela atividade turística. O impacto direto na indústria de turismo (hotéis, transportes, atrativos turísticos, bares e restaurantes) foi de R$ 7 bilhões e o indireto (energia, comunicação, agricultura, combustíveis, hospitais) foi de R$ 3 bilhões.

De acordo com a projeção, o impacto econômico gerou R$ 735 milhões apenas em impostos nas esferas municipais, estaduais e federais. Durante o período, 299 mil pessoas trabalharam no setor de turismo, sendo 123 mil trabalhadores diretos e 176 mil indiretos. Do número total de turistas que visitaram o estado, 2,09 milhões eram brasileiros e 383 mil estrangeiros.

 

Informações e foto: Ascom Embratur