A segurança como fator de impacto no turismo dos destinos foi tema da palestra de encerramento de um curso promovido pelo 6º Batalhão da Polícia Militar (PM), em Lages, nesta sexta-feira, dia 07.  Palestra_Segurança_turismo_PM_Lages_1.jpg

A convite da PM, a presidente da Santur, Flavia Didomenico abordou a importância da sintonia entre as instituições para melhorar a percepção de segurança do turista. Ela apresentou dados e conceitos relacionados ao tema em nível mundial e ainda respondeu a diversas perguntas dos alunos.

Palestra_Segurança_turismo_PM_Lages_2.jpg

Ao todo, 32 PMs de 21 cidades do Estado participaram do Curso de Articulação Operacional em Ambientes Turísticos, que teve duração de 12 dias, em regime de imersão. A ideia de ambos os órgãos do Governo é ampliar o alcance da iniciativa, promovendo a capacitação em outras regiões de Santa Catarina: “A percepção de segurança é um fator primordial na decisão de compra de viagens. Por esse motivo, a qualificação do atendimento ao turista é essencial e os policiais exercem esse trabalho na ponta”, pontua Flavia. 

De acordo com o comandante da 2ª região da PM, tenente-coronel Newton Ayres dos Anjos, o curso tem como base a visão de que o policial não atua somente como agente de segurança pública, mas também como referência de hospitalidade na região onde atua.

A cerimônia de formatura dos alunos ocorreu na sede do 6º Batalhão e contou com a presença do prefeito de Lages, Antônio Ceron, além do executivo de turismo da cidade, Luiz Carlos Pinheiro, da secretária de turismo de São Joaquim, Adriana Schilisting, da secretária de turismo de Urubici, Simone Rodrigues, da assessora de turismo da Associação de Municípios da região Serrana, Ana Vieira, de familiares dos formandos e demais autoridades militares e civis da região.


Texto: Ascom/Santur
Fotos: Nilton Wolff