.

 

Santo Antônio de Lisboa vai sediar a 21ª Açor, Festa da Cultura Açoriana, entre os dias 22 e 24 de agosto. Promovida pelo Núcleo de Estudos Açorianos da Secretaria de Cultura da Universidade Federal de Santa Catarina (NEA/SeCult/UFSC) em parceria com a Prefeitura Municipal de Florianópolis, com apoio da Santur e Governo dos Açores, a maior Festa Açoriana de Santa Catarina acontece a cada ano em uma cidade diferente do litoral catarinense escolhida pelo conselho consultivo do NEA, que realiza o evento.

Nesse período o distrito receberá 60 delegações de todo o Estado para apresentações folclóricas, exposições, estandes culturais, gastronomia, exibição de documentários todos relacionados com a temática açoriana.
Vai ser montado um grande palco ao lado da igreja de Nossa Senhora das Necessidades e Santo Antônio. Na esquina das ruas Cônego Serpa com Professor Osní Barbato, junto ao antigo posto policial, serão instaladas barracas de exposição e venda de produtos de arte, artesanato e da culinária tradicional de origem açoriana. Na sede do Avante haverá café colonial, junto com algumas exposições de apresentações musicais e folclóricas.
As escolas do município, que desenvolveram durante todo o ano conteúdos e atividades pedagógicas em torno da imigração e do seu legado no litoral, também vão mostrar os resultados alcançados. Serão montados estandes das 32 escolas municipais mostrando o conteúdo das atividades voltadas para o fortalecimento da herança cultural açoriana. Elas farão também exibições de dança folclórica, brincadeiras infantis e participarão do desfile etnográfico. O envolvimento dos jovens estudantes faz com que o trabalho em prol da cultura açoriana não termine com a festa.
O AÇOR já foi realizado nas cidades de Imaruí, Imbituba, Penha, Içara, Porto Belo, Garopaba, São José, Araquari, Tijucas, São Francisco do Sul, Barra Velha, Laguna, Governador Celso Ramos, Itajaí, Palhoça e Sombrio. O Núcleo de Estudos Açorianos da UFSC não perde de vista um de seus grandes objetivos ao criar a festa: “Queremos em breve ter no litoral de Santa Catarina um corredor turístico-cultural com várias festas apresentando a nossa história e, principalmente, a cultura popular”, relembra Joi. Atualmente o NEA atua em 46 municípios do litoral de Santa Catarina, promovendo palestras, cursos, exposições e desenvolvimento de pesquisas que buscam preservar e divulgar a produção cultural açoriana.

Promoção
Universidade Federal de Santa Catarina (Secretaria de Cultura da UFSC)
Prefeitura Municipal de Florianópolis

Realização
Núcleo de Estudos Açorianos da UFSC
Fundação Franklin Cascaes

Apoio Cultural
Direção Regional das Comunidades/Governo dos Açores
Santur

Mais informações:
Núcleo de estudos Açorianos/UFSC (48) 3721-8605
www.nea.ufsc.br