Gastronomia

Rica em sabores e influências, a gastronomia catarinense é um retrato da colonização do estado. A culinária do litoral, onde se fixaram os portugueses, é baseada em frutos do mar. Indo para o interior, nos núcleos de colonização germânica presentes principalmente no Caminho dos Príncipes e no Vale Europeu, o pescado dá lugar à carne suína fortemente temperada e regada às típicas cervejas alemãs (veja Rota da Cerveja). Em maior número, os imigrantes italianos se espalharam por todas as regiões com suas cantinas e vinícolas artesanais. Há ainda pequenos centros gastronômicos poloneses, ucranianos, austríacos, húngaros e holandeses que, somados à culinária gaúcha e tropeira, fazem de Santa Catarina um estado de dar água na boca. No enoturismo, os destaques são as vinícolas da Serra Catarinense, que produzem vinhos e espumantes premiados nacional e internacionalmente, e o Roteiro Vale da Uva e do Vinho, no Vale do Contestado. E para quem gosta de uma boa cachaça, o que não faltam são alambiques de qualidade, principalmente na Grande Florianópolis, na Costa Verde e Mar e no Caminho dos Príncipes.